Mãe leva três tiros na cabeça ao tentar impedir que filho fosse assassinado na PB

Foi socorrido em estado grave, na noite desta quarta-feira (1), na cidade de Massaranduba, interior da Paraiba, uma mulher de 50 anos de idade que foi atingida por três tiros na cabeça ao tentar defender o filho de atiradores que invadiram sua casa. O filho da vítima, que é ex-presidiários seria o alvo do atentado.

De acordo com informações da polícia, a cada foi invadida por uma dupla armada. Ao perceber que o filho seria morto, Graciete Valdevino Teixeira correu para abraçar o filho na intenção de protegê-lo. Os bandidos atiraram várias vezes e a mulher foi atingida na região da cabeça por pelo menos três tiros.

Apesar da mãe ter sido baleada, o filho, de 30 anos de idade, conseguiu correr até a moto e fugiu. Vizinhos que ouviram os tios foram ver o que tinha aocntecido, viram a mulher caída e acionara o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que socorreu a mulher para o Hospital de Emergência e Trauma em Campina Grande. 

Os suspeitos de cometerem o crime fugiram e ainda não foram localizados.

 

Jean Ganso com Portal T5

Compartilhar no Google Plus

Rota de Noticia

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário