http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O prefeito de Patos, Sertão paraibano, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, conhecido por Dinaldinho, teve suas atividades de gestor suspensas pelo juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa, substituto do desembargador Carlos Martins Beltrão, na tarde desta terça-feira (14). O magistrado deferiu o pedido apresentado pelo Ministério Público do Estado da Paraíba.
Na mesma decisão, a justiça também afastou o secretário Jardelson Pereira Medeiros e Alysson dos Santos Gomes, determinando que deixem de exercerem as funções e desocupem o prédio da Prefeitura imediatamente. Dinaldinho, Jardelson e Alysson são acusados de compor uma organização criminosa, que segundo o MP, são especializados em fraude de licitações e desvio de dinheiro público.
O pedido foi apresentado pela Procuradoria-Geral de Justiça, sendo representada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado. O documento é baseado no Procedimento Investigatório, com o número 010/2017, o qual originou o relatório processual.
O magistrado determinou medidas cautelares, uma que os denunciados estão proibidos de se ausentarem do Estado sem a autorização do juiz-relator, havendo descumprimento da decisão, acarretará em cumprimento de prisão, veja.
“Comparecimento a todos os atos processuais para os quais forem convocados; proibição de acesso ou frequência à sede da Prefeitura de Patos, secretarias e à Comissão Permanente de Licitação; e proibição de se ausentarem do Estado sem autorização do juiz-relator. O descumprimento das medidas impostas pode ensejar a decretação da prisão preventiva”, decisão.
Confira abaixo comunicado do juiz à Câmara de Vereadores.


3
0 Comentários

Postar um comentário