http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

No começo da noite desta sexta-feira (4), o governador Ricardo Coutinho (PSB) foi entrevistado na Rádio Cultura de Guarabira, no programa ‘Em cima da hora’, apresentado pelos radialistas Martins Júnior e Rodrigo Sousa.
Durante a entrevista, o socialista respondeu a diversas perguntas e foi instado a falar da postulação de Célio Alves a deputado estadual. O governador considerou o nome de Célio como um dos melhores quadros no bloco situacionista e disse que Guarabira e o Brejo estariam muito bem representados com a eleição dele.
“Célio é um dos melhores candidatos que nós temos. Célio representa pra nós o bom debate, o bom conhecimento e a boa representação. Eu acho que Guarabira e o Brejo, que a política da Paraíba estaria profundamente bem representada com a eleição de Célio. É uma campanha, uma candidatura pra valer, ninguém se iluda. Célio vai disputar para vencer as eleições aqui dentro e é um candidato do nosso partido, da nossa aliança, evidentemente. Eu tenho certeza absoluta que nunca uma oposição vai fazer tão poucos deputados como agora em 2018”, argumentou.
Para Ricardo, o pré-candidato socialista representa o projeto e citou outros postulantes presentes na entrevista, a exemplo de Gervásio Maia e Bruno Deriu, que vão disputar vagas na Câmara dos Deputados.
“A candidatura de Célio, indiscutivelmente, ela representa o nosso projeto, ao lado de outros companheiros, naturalmente. Nós temos aqui Gervásio Maia, que é uma expressão importantíssima, temos o companheiro Bruno Deriu e vários companheiros que estarão nesta caminhada ao nosso lado”, pontuou o governador.
Ricardo, respondendo à pergunta sobre os deputados Raniery paulino e Camila Toscano, disse que mesmo os melhores projetos apresentados pelo governo, os parlamentares sempre tiveram postura do contra e disse que o povo já cansou dessa postura.
“Pode ficar certo que aquele discurso repetitivo, ultrapassado, aquele discurso de faz de conta, porque eles brigam para tentar atrair as atenções e dividir o eleitorado. Essa é uma estratégia, mas só que já cansou. O que eles construíram concretamente? Qual foi a ideia importante? Porque nas melhores coisas que o governo apresentava eles tinham sempre a postura de serem contra o povo. Então eu acho que esse tipo de procedimento passou”, concluiu Coutinho.

Por Assessoria
3
0 Comentários

Postar um comentário