http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Para Célio Alves, presidente do PSB de Guarabira e pré-candidato a deputado estadual, a prisão do ex-presidente Lula (PT) acentua a divisão que o Brasil vive nos dias atuais. “Não resta dúvida de que acrescenta lenha nessa fogueira que tem incendiado a convivência entre os brasileiros, impulsionando mais a escalada de ódio e intolerância”, afirmou. 

Esse passa a ser o desfecho pelo fato de a condenação do petista não ter se dado com base em prova convincente. “As pessoas, hoje, possuem informação, ainda que precárias quanto à sua profundidade. Elas sabem que a Justiça não conseguiu apresentar uma prova sequer pra mandar Lula pra cadeia. O que existe é um raciocínio montado como fundamentação da sentença. E isso é dito não por leigos ou apaixonados, mas por dezenas de reconhecidos juristas nacionais e estrangeiros”, argumentou. 

Segundo Célio Alves, a prisão fará do ex-presidente um líder popular ainda maior. “É óbvio que Lula se agiganta do ponto de vista político. Os movimentos em defesa dele não cessarão. Mesmo com a prisão, a pauta sobre Lula será como um fantasma para as elites. Afinal, ele liderava as pesquisas eleitorais quando da prisão e a descrença naquilo que alegam contra ele será sempre muito forte”, completou. 

Por fim, Célio Alves sustentou que “Lula é perseguido por suas qualidades, e não, por seus defeitos”.



Por Assessoria
3
0 Comentários

Postar um comentário