http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Hervázio Bezerra (PSB), minimizou as declarações do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que, nesta quarta-feira (11), confirmou o rompimento entre o governador socialista Ricardo Coutinho e sua vice, a pedetista Lígia Feliciano. Ponderado, o parlamentar observou ser “o caminho natural” a ruptura, observando que o chefe do Executivo Estadual, por meio do secretário de Comunicação, Luís Tôrres, já havia deixado claro a impossibilidade das legendas caminharem juntas nas eleições deste ano.
Hervázio Bezerra falou da importância da declaração de Lupi, classificando-a como “indispensável”. “Eu acho que foi o caminho natural. Nós acompanhamos a decisão do governador. A sua forma clara, precisa, sem subterfúgio. Ele externou, de forma pública, o seu sentimento. Posteriormente o secretário confirmou, dizendo que não havia mais espaço para a convivência com o grupo do deputado Damião Feliciano e a vice Lígia Feliciano”.
Ele lembrou, também, as declarações do pré-candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, que, no início desta semana, descartou a dobradinha entre seu partido e o PDT. Com o “divórcio” das agremiações, Carlos Lupi anunciou a candidatura de Lígia Feliciano ao Governo do Estado.
Do Blog do Gordinho
3
0 Comentários

Postar um comentário