http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A situação de completo abandono do prédio do CAIC de Guarabira foi objeto de debate na Câmara de Vereadores de Guarabira, na sessão desta quinta-feira (22). Vereadores de oposição cobraram do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) uma atitude para recuperar o espaço que servia tanto à cidade em termos de educação.
Vereador líder da bancada do PSB, Renato Meireles bateu pesado no gestor guarabirense e disse que Zenóbio se negou a ceder o prédio ao Estado para abrigar a Escola Cidadã Integral, sob o pretexto de que pretendia implantar uma creche modelo para atender todo o bairro do Nordeste.
“O Governo do Estado queria implantar no CAIC a Escola Cidadã Integral e o prefeito disse que iria instalar uma creche padrão, de referência em toda Guarabira. Cadê essa creche que não foi instalada? Está lá um prédio fantástico totalmente entregue ao Deus dará, abandonado. Eu fiz um requerimento pedindo alguma ação, pedindo que faça algo pelo CAIC. Eu peço que os vereadores de situação mudem um pouco do discurso e olhem para o CAIC, olhem para a situação em que se encontra aquele prédio”, disse Meireles.
Líder da bancada emedebista, mesmo sendo vereador do PHS, Zé Ismai criticou a falta de zelo da Prefeitura de Guarabira com o CAIC e lamentou o abandono.
“É uma vergonha o estado que se encontra hoje o CAIC. Uma obra trazida pelo ex-prefeito Jáder Pimentel, através de sua influência com deputados de Brasília, serviu muitos a Guarabira, depois foi entregue para funcionar o IFPB, depois retornou para o município. Eu fico triste com tudo isso que acontece aqui num prédio da educação do município”, disse o vereador.
Também da bancada do PSB, Marcelo Bandeira, em contato com a reportagem do Portal25horas, disse não entender como o prefeito de Guarabira permite que o prédio tenha ficado numa situação de abandono como atualmente se encontra.
“Infelizmente estamos vendo um prédio tão imponente como o CAIC numa situação lamentável de abandono. Eu, sinceramente, não entendo como Zenóbio deixou aquele prédio ficar em ruínas. A gente sabe que estava antes com o IFPB, mas não justifica deixar abandonado, sem nenhuma manutenção. Esperamos que o prefeito dê alguma resposta, faço algo para salvar aquele prédio”, falou Bandeira.
3
0 Comentários

Postar um comentário