http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Morreu, na manhã desta quarta-feira (20), o médico e professor Edmundo Machado Ferraz, aos 77 anos. O velório está sendo realizado esta tarde no Cemitério Morada da Paz, no Paulista, onde a cremação será realizada às 18h. Ferraz faleceu em consequência de um mieloma múltiplo, um câncer das células plasmáticas da medula óssea.
Casado com Cilene Bandeira, filha do falecido general Antônio Bandeira, Edmundo é pai do vereador guarabirense Marcelo Bandeira Ferraz, do ex-vice-prefeito de Mulungu, Ricardo Bandeira Ferraz e do também médico Antônio Bandeira Ferraz.
Graduado há cerca de 40 anos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com doutorado e livre-docência em medicina pela mesma universidade, pós-doutorado no Departamento de Cirurgia do Guy’s Hospital da Universidade de Londres, Dr. Edmundo foi um dos mais celebrados profissionais da sua área no Brasil.
Professor titular por duas décadas da UFPE, foi diretor-superintendente do Hospital das Clínicas e presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, além de ter sido o primeiro profissional fora do eixo Rio–São Paulo eleito presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
Ricardo Bandeira, Edmundo Ferraz, Cilene Bandeira, Marcelo e Antônio
Em 2015, presidiu a Academia Pernambucana de Medicina. Em 2014 foi homenageado com o título de professor emérito da UFPE. Reconhecido internacionalmente pelo trabalho científico desenvolvido, foi o fundador do curso de doutorado em medicina da UFPE, membro titular e fundador da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, consultor da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde, entre outros cargos. Na década de 1990, foi ainda o primeiro médico do Norte e Nordeste a realizar uma cirurgia bariátrica.
Da Redação com Diário de Pernambuco
3
0 Comentários

Postar um comentário