http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia, anunciou, nesta quarta-feira (6), uma propositura solicitando a criação de uma frente parlamentar contra privatização da Companhia Hidrelétrica do São Francisco. O projeto já está em processo de tramitação na Casa de Epitácio Pessoa e deve ser votado pelos parlamentares dentro dos próximos dias.
De acordo com presidente, a postura do Governo Federal em relação a empresa tem colocado em risco as mais diversas funções estratégicas do Rio São Francisco, além de gerar insegurança em relação a questão energética e ao processo de gestão das águas. “Eu tenho a certeza que nós vamos contar com a unanimidade dos colegas para evitar que uma empresa tão importante como a Chesf seja entregue ao setor privado. Essa é uma temática que interessa a todos os paraibanos e ao povo nordestino em geral. Por isso, a Assembleia precisa enfrentar esse debate”, destacou Gervásio.
Durante o pronunciamento, o parlamentar ainda garantiu que já está em contato com diversos representantes sindicais ligados Companhia, para que esses grupos também possam participar de forma permanente dos debates em defesa da instituição. “Nós já conversamos com representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias Urbanas da Paraíba, do Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco e de diversos outros segmentos. Eles se comprometeram em mobilizar os sindicatos de todos os outros estados do Nordeste, que tenham interesse direto com a Chesf e com o rio São Francisco”, acrescentou o presidente.
Segundo o deputado Ricardo Barbosa, além da criação da Frente Parlamentar paraibana, também existe a proposta para a construção de uma frente para unir o Nordeste em prol do mesmo propósito. ” Nesse momento é importante unir forças e emprestar a nossa solidariedade a essa justa causa. Inclusive já entramos em contato com o presidente da Unale, propondo que a Unale encampe essa iniciativa”, complementou o parlamentar.
Privatização da Chesf
O Governo federal estuda a possibilidade de privatização da Chesf através da Medida Provisória 579. A Chesf possui 12 hidrelétricas, sendo oito no rio São Francisco.


Fonte: Assessoria
3
0 Comentários

Postar um comentário