http://www.betsporting.com.br/



ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Guarabira, Célio Alves lamentou o fato de o prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) não ter ido em busca de parceria com o Estado a fim de melhorar os indicadores sociais através de mais um edital do Pacto pelo Desenvolvimento Social.
Em sua sua fanpage na rede social facebook, o dirigente partidário revelou que a Secretaria de Educação de Guarabira pediu cardeiras emprestadas ao Estado, quando poderia participar do Pacto e receber doação de carteiras, visto que 60 mil delas serão disponibilizadas aos municípios que se habilitaram no edital desse ano.
Leia a íntegra da postagem
“Dos 223 municípios paraibanos, Guarabira está entre os seis que não apresentaram demandas no recente edital do Pacto pelo Desenvolvimento Social, valioso instrumento criado pelo governador Ricardo Coutinho para republicanizar a relação com os municípios e, sobretudo, melhorar os indicadores sociais da Paraíba, ou seja, a qualidade de vida da população.
O interessante é que, nesse edital, uma das ofertas aos municípios é a doação de carteiras escolares. O Estado vai doar mais de 60 mil. Guarabira, que se recusou à parceria, a três dias do início de seu ano letivo, por ofício encaminhado à direção de uma das escolas estaduais na cidade, pediu emprestadas 200 carteiras escolares.

Ou seja, necessidade tem, mas falta humildade ao prefeito Zenóbio Toscano para admitir e pedir dentro do Pacto pelo Desenvolvimento Social.

O município pede quando acha que não será descoberto, mas se nega a tanto quando sabe que a população terá ciência do pedido. E quem fica no prejuízo? O povo!
O Pacto ainda está ofertando, por exemplo, 100 laboratórios de informática.

Ao recusar benefício para o Município, o prefeito age como se Guarabira fosse propriedade privada sua, pois despreza o interesse público”.
3
0 Comentários

Postar um comentário