http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O funcionário de uma empresa localizada no bairro São José, em Guarabira, foi preso por policiais civis e militares na tarde desta quarta-feira (22), logo depois de simular que teria sido vítima de um assalto e que teriam sido roubados dele R$ 2.305 em espécie O trabalho das polícias teve início quando a guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) foi informada, através do Copom, de um assalto que teria sido praticado próximo à UPA.

A guarnição do Comando, junto com o Núcleo de Inteligência do 4º BPM e policiais civis do GTE se deslocou até onde teria acontecido o assalto, mas no local as pessoas não souberam dar informações e disseram não ter presenciado nenhuma ocorrência desse tipo nas proximidades.
Os policiais localizaram, através do gerente, o funcionário da empresa que teria sido vítima do assalto. Ele informou que tinha sido abordado por dois homens em uma moto e que eles tinham levado o dinheiro da empresa que estava com ele, fugindo em seguida.
Os policiais solicitaram ao gerente que levasse o funcionário até a delegacia para registrar a ocorrência. Diante dos questionamentos feitos pelos policiais, o funcionário da empresa caiu em contradição e acabou confessando que teria simulado o assalto porque estava com problemas financeiros.
O dinheiro, segundo ele, estava guardado na casa da sua avó, no bairro Nordeste I, e foi encontrado pelos policiais. O acusado tem 23 anos de idade e foi autuado em flagrante por furto qualificado.


Fonte: 4°BPM
3
0 Comentários

Postar um comentário