http://www.betsporting.com.br/



ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A noite do ultimo sábado (18) de fevereiro surpreendeu a sociedade de Alagoinha com momentos nunca antes vistos. A cultura popular no centro da arte em suas manifestações regionais e nacionais: poesias, danças, dramas e músicas do cancioneiro folclórico. O sarau aconteceu na praça Alfredo Moura.
O secretário de cultura do Estado, Lau Siqueira, esteve presente e nos falou em entrevista que “este sarau é uma oportunidade de se reunir artistas da cidade e de outros municípios, e muito importante para os “Caminhos do Frio” como um roteiro cultural e que começa a se destacar á partir de sua cultura.” Disse ainda que este é um momento histórico e exemplo para outras cidades e que Alagoinha começa a deixar sua marca. “A cultura da região é um ponto de trocas culturais com artistas do Estado e vai ser benéfico para o incentivo do turismo. O prefeito está de parabéns, que apesar de muito jovem, tem visão no futuro,” concluiu Lau Siqueira.
O grupo de teatro ‘Frente Trovadora’ de Alagoa Grande fez releitura de clássicos, interpretando récitas de letras de músicas como as do cantor Alceu Valença e Luiz Gonzaga. Teve as performances de Álex Mateus (poeta e escritor), Nara (e sua dança ijexá de origem afro lembrando os cultos da Umbanda e do Candomblé), Antônio Henrique e sua verve literária junto com sua irmã Doracy Montenegro.
O coordenador de cultura, José Galdino, em seu discurso lembrou-se de tempos áureos de grandes escritores como Manuel Camilo dos Santos, José Rodrigues de Carvalho e José Fernandes de Andrade. Lembrou-se de Eginaldes Andrade e Robson Maia (in memorian) como escritores de talento.
Esteve no sarau a escritora da cidade de Monteiro, Lizziane Azevedo, autora da obra ‘A vírgula e outros pontos,’ a vice-prefeita Maria de Zé Roberto, os vereadores Marcondes de Durval,  Jerfferson Daniel e demais espectadores. – Foi um show!
Por João Adriano
3
0 Comentários

Postar um comentário