http://www.betsporting.com.br/



ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video



A quadrilha que assaltou três carros-fortes no km 90 da BR-230, em Caldas Brandão, entre Campina Grande e João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (17), tendo explodido dois dos veículos, abandonou cerca de R$ 200 mil dentro do segundo que foi destruído, conforme informou o delegado Hugo Helder, que disse que certamente o grupo antecipou a fuga ao provocar tiroteio contra uma viatura da Polícia Rodoviária Federal que passava pelo local do crime.

“Eles estavam em andamento com a ação, estouraram o primeiro carro e depois estouraram o segundo. Quando estavam recolhendo o dinheiro do segundo, a PRF passou e teve início o confronto”, contou o delegado, que revelou que todo o dinheiro do primeiro carro-forte foi roubado, assim como quatro malotes do segundo. O valor total do roubo, no entanto, ainda não havia sido apurado até o fechamento desta matéria. 

O terceiro carro-forte levava apenas seguranças para a escolta dos outros dois. “Também estamos investigando porque os bandidos sabiam que apenas os outros carros levavam dinheiro”, disse Hugo Helder.

Diversas viaturas policiais foram mobilizadas para perseguir os criminosos que, segundo o delegado, foram em direção ao estado vizinho de Pernambuco, cuja polícia também já foi acionada para dar suporte às investigações. Pelo menos 10 bandidos atuaram no crime. Nenhum deles foi preso. PRF, Polícia Militar e Civil estão envolvidas na apuração do caso.

De acordo com a PRF, quatro veículos de luxo foram usados pela quadrilha (um Toyota Rav 4, duas picapes Hilux e um provável Honda Civic). 

O dinheiro abandonado no carro-forte durante a fuga foi recolhido pela empresa responsável pelo transporte de valores.


Portal Correio
3
0 Comentários

Postar um comentário