http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Essa semana, a esposa de um paciente que está na UTI do Hospital Regional de Guarabira, que mora em Alagoinha, sofreu um golpe de um estelionatário que se passou por médico da unidade hospitalar e levou a senhora a depositar a quantia de R$ 500 numa conta bancária.
De acordo com a senhora, foram feitos dois depósitos em valores de R$ 300 e R$ 200, em contas diferentes. A esposa do paciente disse que o falso médico sabia o nome do paciente e de outras informações pessoais e que o dinheiro serviria para custear a estada do cidadão na UTI.
Em nota, a direção do Hospital Regional esclareceu que não se responsabiliza por questões ocorridas a familiares de pacientes em fatos estranhos a sua função e que nenhuma informação é repassada por telefone a ninguém, mesmo sendo familiar de paciente.


NOTA DE ESCLARECIMENTO
            Sobre golpe caracterizado como estelionato, sofrido por parente de paciente que encontra-se interno nesta unidade hospitalar, o Hospital Regional de Guarabira esclarece, a que interessar possa, que não tem responsabilidade sobre fatos estranhos ocorridos fora da unidade.
            A Direção do órgão comunica que nenhuma informação sobre estado de saúde ou qualquer outra informação de paciente são repassadas por telefone a nenhum usuário, mesmo se identificando como familiar.
            O caso envolvendo familiares lesados, está sendo investigado pela autoridade policial e o Hospital Regional de Guarabira se coloca à disposição para colaborar naquilo que seja de sua responsabilidade.
Guarabira, 13 de janeiro de 2017.
CLEONALDO DE SOUZA FREIRE
Diretor Geral – CSG
3
0 Comentários

Postar um comentário