http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

contas
PILÕEZINHOS (PB) – A partir de janeiro de 2017 a nova gestão municipal terá enormes desafios.

Um dos maiores calos da atualidade, o Instituto Municipal de Previdência (IPMP), deve dar bastante dor de cabeça a nova administração.

Com 106 aposentados e pensionistas na folha de pagamento, o IPMP precisa desembolsar mensalmente cerca de 114 mil reais para quitar o compromisso com o pessoal.

Este número se torna mais preocupante quando leva-se em conta a arrecadação do IPMP, aquilo que se desconta dos contracheques dos funcionários efetivos. O que se recolhe, não dá pra pagar a folha. Mensalmente, a prefeitura precisa complementar o pagamento dos aposentados.

Uma outra realidade, é que muitos servidores protocolaram o pedido de aposentadoria e já estão à espera da homologação de seus direitos, alguns até já passaram do tempo, porém ainda se encontram na folha de ativos.

A situação do Instituto foi agravada em 2013, quando a gestão atual utilizou uma reserva de meio milhão de reais, deixada pela administração de Júnior Mendes. Atualmente, o IPMP está sem caixa para cumprir seus compromissos.

Esse será um dos maiores desafios da futura administração. A prefeita eleita, Mônica Cristina, informou que espera uma boa transição para ter acesso aos dados a fim de saber a real situação das finanças municipais.


Rafael San
3
0 Comentários

Postar um comentário