http://www.betsporting.com.br/



ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

imagem-gás de cozinhaOs consumidores paraibanos vão pagar mais caro pelo gás de cozinha a partir dessa quinta-feira, dia 1º de setembro. Dessa vez, o aumento autorizado pelas distribuidoras ficou em torno de 10 % no preço final do produto.

O botijão de gás GLP (13 kg) que estava sendo vendido em média a R$ 55,00 até o fim do mês de agosto, como existe a prática da livre concorrência, pode chegar a custar até o valor de R$ 60,00.

Esse percentual aplicado que deixa o gás de cozinha mais caro, corresponde a soma dos custos operacionais referentes ao período de setembro de 2015 a setembro de 2016 das distribuidoras e também dos encargos relacionados ao dissídio coletivo dos funcionários.

O novo valor será praticado em toda a Paraíba a partir desta quinta-feira (01/09). Somente na capital existem atualmente 296 postos de revenda devidamente autorizados pela ANP – Agência Nacional de Petróleo, conforme o  Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba – Sinregás – PB. Já na área da grande João Pessoa, o número de pontos de venda chega a 500 estabelecimentos comercias.

Visando a saúde e segurança da população, o Sinregás – PB mantém uma campanha permanente de conscientização no sentido alertar o consumidor quanto à importância de adquirir o produto em pontos de venda regulamentados, uma vez que atendem aos padrões exigidos pelo Código de Defesa do Consumidor. O Presidente do Sinregás – PB, Marcos Antônio Bezerra, lembra ainda que para ter assegurado os direitos previstos em lei, o consumidor deve sempre exigir o cupom fiscal na hora da compra.


Portal Mídia
3
0 Comentários

Postar um comentário