http://www.betsporting.com.br/


ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A Justiça manteve nesta segunda-feira (22) a prisão de Sônia Paula Soares Marinho, de 39 anos, suspeita de matar o próprio filho de 5 anos com 50 facadas, em Campina Grande, na tarde da última sexta-feira (19). A decisão foi da juíza Ana Carmem Jordão e a prisão foi determinada durante uma audiência de custódia realizada na tarde desta segunda.

Depois que teve a prisão determinada, a suspeita foi direcionada para o presídio feminino de Campina Grande, onde aguardará o andamento do processo judicial.

Investigações da Polícia Civil indicam que existe a suspeita de que o crime tenha ocorrido durante um surto psicótico da mulher. Serão solicitados à Justiça exames para confirmar se a detida sofre de problemas mentais.

O crime

O menino foi morto a facadas em casa e teve o órgão genital decepado. Vizinhos ouviram gritos e acionaram a polícia, que prendeu Sônia em flagrante. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência também foi chamado, mas já encontrou a vítima sem vida. 


Portal Correio
3
0 Comentários

Postar um comentário