http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video



Zenobio-Toscano-1-De acordo com matéria publicada nesta terça-feira (5), pelo site PBAgora, da Capital,  a procuradoria jurídica da Prefeitura de Cabedelo acionou a Justiça contra o prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB), que possui imóvel naquele município, para que ele pague débitos existentes de IPTU e TCR, provenientes do ano 2013.

Segundo a publicação, o prefeito deixou de pagar aproximadamente R$ 1 mil e ZT já teria sido citado para quitar a dívida, sob pena de penhora de bens para fazer face ao pagamento.



Leia a íntegra da matéria:

Após romper com irmã por cobrar IPTU, Zenóbio Toscano também é encurralado por inadimplência

Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. O ditado popular utilizado para quem cobra o cumprimento da lei, mas a dribla recaiu essa semana no prefeito do município de Guarabira, Zenóbio Toscano, do PSDB.

Depois de romper com a irmã, justamente por ter feito a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano ( IPTU) que estava atrasado, o tucano foi executado, pela prefeitura de Cabedelo, justamente por incorrer no “mesmo pecado” – inadimplência no pagamento do imposto.
No caso de Zenóbio, o IPTU diz respeito a residência que ele possui no município de Cabedelo, na praia de Areia Dourada.

A dívida é relativamente pequena. São exatos R$ 984,39 e corresponde ao IPTU e a TCR não pagos no ano de 2013, conforme explica a ação interposta pelo Municipio de Cabedelo e que corre na 3ª Vara Mista daquela Comarca.

Nos autos já há o despacho do juiz Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires, mandando citar o prefeito “nos termos do art. 8º da Lei 6.830, para, no prazo de cinco dias, pagar o débito atualizado, acrescido das custas, despesas processuais e honorários acima arbitrados, ou nomear bens à penhora, sob pena de, não o fazendo, serem penhorados tantos quantos bastem à satisfação da dívida”.



execucao



 
3
0 Comentários