http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

mco_1900
O Campinense começou melhor. Jogava mais no ataque e dominava as jogadas ofensivas do primeiro tempo. Não chegava a ser extremamente perigoso, mas tinha mais posse de bola. Isto pouco importou.

Porque quem abriu o placar foi o Santa Cruz.

Numa cobrança de escanteio, Glédson saiu mal e Grafite não perdoou. O Campinense não se abalou.

E chegou a colocar a bola para dentro aos 43, com Tiago Sala, mas o gol foi anulado. Na etapa final, as coisas mudaram. O Santa passou a ser mais perigoso, e teve três boas chances de ampliar. Glédson se recuperou da falha e salvou o Campinense. Defesas incríveis. Até que aos 26 Tiago Sala empatou.

Tal como antes, marcou quem não jogava melhor. A partir daí, os times passaram a se respeitar. Com medo de sofrer gols, mas querendo atacar. O tempo ia passando. O empate parecia certo. Mas no último lance, o gol da vitória. Raniel cruzou rasteiro, a bola passou por dois raposeiros e Bruno Morais deu a vitória ao Santa.
Globo Esporte
3
0 Comentários

Postar um comentário