http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

empregos_londres-1A Paraíba foi o 5º Estado do país e o único da Região Nordeste que registrou saldo positivo no saldo de vagas de empregos com carteira assinada no mês de janeiro. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho e Emprego, mostram que o mercado de trabalho apresentou saldo de 189 postos. Na evolução da série histórica do Caged, foi o terceiro melhor saldo no mês de janeiro em 13 anos. Os melhores resultados da série haviam sido os meses de janeiro de 2014 (1.065) e janeiro de 2008 (318).

Segundo dados do Caged, os setores de serviços (957) e comércio (274) puxaram o desempenho da Paraíba no mês de janeiro.  Os setores de turismo, telemarketing e de educação e as contratações do varejo foram os destaques do primeiro mês do ano.

De acordo com os dados Caged, a Paraíba registrou o 5º maior saldo do país em janeiro. Os outros quatro Estados das 27 unidades de federação que tiveram saldo positivo foram Rio Grande do Sul (7.263), Santa Catarina (7.211), Mato Grosso (6.900) e o Paraná (1.074). A Região Nordeste que fechou 33,411 mil vagas em janeiro, apenas a Paraíba dos nove Estados teve saldo positivo.

No país, o mercado de trabalho começou o ano com o fechamento de 99,69 mil vagas formais. O resultado acentua a depreciação do emprego no país que no acumulado dos últimos 12 meses já supera a marca de 1,590 milhão de postos cortados.  Quase todos os setores registraram queda do nível do emprego. O pior impacto se deu no comércio, que perdeu 69.750 postos. No setor de serviços, a baixa foi de 17.159 postos e na indústria de transformação, de 16.553. A maior redução no emprego ocorreu no Rio de Janeiro, com 25.549 postos perdidos, devido à forte queda dos setores do comércio e serviços no Estado.
3
0 Comentários