http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

horário-eleitoral-tvE já estamos em 2016, vamos aqui não fazer retrospectivas e sim, já que o assunto é política, traçar algumas perspectivas ou pra ser mais bem compreendido vamos aos famosos “pitacos” para as eleições desse ano em algumas cidades.

Na terra de Geraldo Beltrão, “tô” ansioso para ouvir os discursos: Alírio Pontes tendo que negar tudo que pensava e disse quando foi candidato a vice de Alcione Beltrão, a atual Prefeita por sua vez tendo que costurar um discurso favorável para Davi Cassimiro que até bem pouco era o principal calo no sapato da gestora.

Em Bananeiras, lá vai o jovem Mateus Bezerra com sua inteligência de berço alegar que o município está mal administrado tendo percebido isso apenas no ano que antecedeu a disputa. Douglas Lucena por sua vez deverá ouvir as vozes de alguns políticos experientes para a escolha de um novo candidato a vice, se o ecoar vier das proximidades da belíssima Igreja Matriz, eu já sei quem ta na fita.

No meu pequeno torrão, na amada Pirpirituba, segue o atual Prefeito Rinaldo Guedes ouvindo as histórias de arengas internas entre os membros de oposição e dando seqüência ao seu governo. O assessor Denilson Freitas (Didiu) desponta como o nome da situação e pelo que se comenta se o jovem aceitar disputar, a oposição vai ter que trabalhar muito pra colocar o bloco na rua.

Na pacata e aconchegante Cuitegi, o Prefeito Guilherme Madruga conseguiu reunir todo mundo que falava mal dele perto de si, exceto o Vereador Vivaldo, que fez o caminho contrário. Resta saber se o brilho nos olhos de Guilherminho vai clarear os olhares dos ex-adversários até a campanha e se depois da campanha, independente de resultado, ainda vai ter espaço pra tanta gente na gestão.

Em Pilõezinhos a coisa é tão complicada que se o povo pudesse elegia São Sebastião como Prefeito, porque os nomes apresentados por lá, pelo que se percebe, não tem agradado aos eleitores, que podem usar a filosofia “tiririquiana” e adotar o “pior que “tá” não fica”.

Na terra do pão e do melhor São Pedro da Paraíba, tome nota, veremos a campanha mais dura da região, isso se Roberto Flávio for candidato a Prefeito descartando lançar sua esposa e se unir com o Deputado Ricardo Marcelo. O que sei é que por lá, em ambos os lados, nem tudo que reluz é ouro e as forças políticas de ninguém podem ser subestimadas, pois a vontade de garantir a coroa de rei é grande.

E em Duas Estradas, o Prefeito Edinho vai confiante para reeleição, mas antes eu aconselharia o nobre gestor fazer uma aferição na confiança de seus próprios aliados. Sabe aquela história de que na frente sorriso e por trás insegurança, contudo não se sabe da viabilidade jurídica para candidatura de Roberto Carlos pela oposição e muito menos se o próprio Roberto apresentaria Lalá como representante do grupo.

 E se quer saber mais de lá eu conto, um empresário que bota banda de forró pra tocar e dizem que tem “pano pras mangas” filou-se a um determinado partido. Quero só vê quem vai dançar!

Na Serra da Raiz tem uma situação bem delicada, sabe aquela história de que em caixa de marimbondo ninguém mexe? “Tá” assim. Todo mundo sabe do risco que é falar em quem será o nome da situação para a disputa. Adailma pode ir à reeleição, mas Luis Machado “tá” com uma saudade… A oposição de lá, “tá” fazendo o que pode e o que faz há muito tempo: assistindo.

Lagoa de Dentro, parece uma ilha, todo mundo num aperto grande e o município com obras, grandes festas e honrando compromissos, das duas uma: Ou Prefeito Fabiano Pedro achou uma mina de ouro dentro da Lagoa ou de fato desenrolou, conseguiu driblar as dificuldades e acertou o jeito de administrar. Prometo não revelar que o candidato a vice de Fabiano será Leandro Vieira, e por falar em vice por onde anda Didi da Cajarana?

Em Dona Inês, o atual vice-prefeito João Idalino e o presidente da Câmara, Demétrio buscam a preferência do Prefeito Antônio Justino para tentar sucedê-lo, por fora ainda corre Jairo, homem de confiança de Antonio, que até agora não deu sinais de quem será seu candidato.

Em Jacaraú, terra onde a Justiça é mais acionada pelos políticos, parece que a maré “tá” bem favorável para o atual prefeito João Ribeiro, que até o momento não sabe de fato quem poderá ser seu concorrente.
Em Sertãozinho, a oposição que taxava a atual Prefeita Márcia, quando candidata, de forasteira caiu naquela história de feitiço contra o feiticeiro, anunciou Antonio de Elói como pré-candidato, mas pelo que me consta ele também poderá receber o mesmo título dado com “carinho” a Márcia na campanha de 2012.

Das duas uma: ou a oposição esqueceu-se desse fato ou “tá” apostando no replay da história, contando que dessa vez a vitória seja do lado contrário.

Janeiro de 2016 já “tá” aí, mas, pra ser sincero, num vejo a hora de chegar Outubro!
Breve “pitacos” referentes a outras cidades.

#Politicando
3
0 Comentários