http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video


Parlamentar quer debater microcefalia e crise hídrica, defendendo que TCM volte a pauta após as eleições em 2016.
 
Justificando questão de bom senso, o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), para pedir que o tema, criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) seja retirado da pauta dos trabalhos na Casa e pediu para que fossem debater as prioridades para o Estado.

A ALPB já aprovou o requerimento de autoria da Mesa Diretora que formaliza pedido para que o Governo do Estado envie à Casa de Epitácio Pessoa uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), solicitando a criação do TCM.

Para o deputado Raniery, o País passa por uma crise econômica, institucional, de representatividade, identidade política e na Paraíba, relacionado à saúde, os casos que têm aparecidos de microcefalia, além está sofrendo a maior crise hídrica vista nos últimos anos.
 
Raniery apresentou um requerimento pedindo informações à secretária estadual da Saúde, Roberta Abath, sobre as providências adotadas para o enfrentamento ao Aedes Aegypti (mosquito da Dengue), casos da Zika, por conseguinte Microcefalia, que apareceram nos últimos meses no Estado da Paraíba. Portanto, o TCM para ele, pode não ser uma prioridade no momento e pede sua retirada das discussões, defendo a volta ao plenário depois das eleições de 2016.

O parlamentar ainda lembrou de que houve aumento de impostos proposto pelo Governo do Estado, visando manter a máquina administrativa e logo depois a criação de instrumentos, que segundo Raniery, só iria onerar o bolso do contribuinte.  Na última semana, o deputado deixou mensagem na sua conta pessoal do Facebook, em um vídeo pedindo que a população paraibana deixasse sua opinião sobre a criação do órgão.  
3
0 Comentários