http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Resultado de imagem para microcefalia fotosNoventa e seis cidades paraibanas têm notificações de casos de microcefalia, de acordo com Boletim Epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (30) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Conforme o documento, foram registrados 476 casos suspeitos relacionados ao Zika vírus. Destes, 21 foram confirmados, 30 descartados e 425 continuam em investigação pelas Secretariais Municipais de Saúde.

Os números de casos são iguais ao que tinham sido divulgados na terça-feira (29) pelo Ministério da Saúde, mas divergem em relação à quantidade de cidades afetadas, já que o Ministério indicou que já eram 150. 

No boletim divulgado na semana passada, o número de municípios não chegava a 80. A Paraíba é o estado com o segundo maior número de notificações, ficando atrás apenas de Pernambuco, que tem 1.153 casos suspeitos. Em todo o país, foram notificados 2.975 casos suspeitos da doença em recém-nascidos de 656 municípios de 20 unidades da federação.

Ainda segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o município com maior número de notificações é João Pessoa, com 212 casos notificados. Em seguida vêm os municípios do Conde e Sapé, com 16 notificados, Bayeux com 15, Alhandra com 13, Caaporã com 11 e Cabedelo e Pedras de Fogo com 10 notificações.

Também foram notificados nove casos suspeitos em Pitimbu, oito em Campina Grande, sete em Monteiro e Patos, seis em Santa Rita, Mamanguape e Juru, e cinco em Rio Tinto, seguidos pelos municípios de Gurinhém (4),Itabaiana (4), Juazeirinho (4), Mari (4), São Bento (4), Cacimba de Dentro (3), Cacimbas (3), Guarabira (3), Teixeira (2), Sousa (2), São Mamede (2), Salgado de São Félix (2), Queimadas (2), Piancó (2), Aguiar (2), Alcantil (2), Araruna (2), Capim (2), Catolé do Rocha (2), Itapororoca (2), Manaíra (2), Mataraca (2) e Nova Olinda (2).

Os municípios de Água Branca, Alagoa Nova, Alagoinha, Algodão de Jandaíra, Aparecida, Arara, Areia, Baía da Traição, Bananeiras, Belém, Belém do Brejo do Cruz, Bernadino Batista, Boqueirão, Olivedos, Parari, Passagem, Picuí, Pilar, Pilões, Poço Dantas, Pombal, Riachão do Poço, Santa Luzia, Santa Terezinha, São Domingos do Cariri, São João do Tigre, São José de Espinharas, São José dos Cordeiros, Seridó, Soledade, campo de Santana, Taperoá, Tavares, Zabelê, Igaracy, Brejo do Cruz, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Areia, Caldas Brandão, Caturité, Condado, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Desterro, Diamante, Esperança, Imaculada, Juripiranga, Lagoa de Dentro, Livramento, Lucena, Mãe D’Água, Malta, Maturéia, Mogeiro e Mulungu notificaram um caso suspeito em cada.

Durante esse período, cinco casos suspeitos evoluíram para óbito, sendo quatro infantil e um fetal, cujas mães são residentes dos municípios de Piancó (1), Conde (1), e João Pessoa (3). Segundo a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES-PB, Renata Nóbrega, após a conclusão da investigação, um óbito infantil foi descartado. Os demais óbitos estão em investigação.

Manchete PB
3
0 Comentários