http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O senador José Maranhão, presidente estadual do PMDB da Paraíba, recebeu uma homenagem na manhã desta sexta-feira, 23, da Juventude do PMDB, que na oportunidade empossou o presidente do PMDB Jovem de João Pessoa, Romon Cordeiro. O senador foi homenageado pela passagem dos seus 60 anos de vida pública e os jovens peemedebistas aproveitaram a oportunidade para lançar a candidatura a reeleição de Maranhão para presidência do PMDB paraibano.
 
Durante a solenidade, que também contou com as filiações de Paulo e André Lucena, este último pré-candidato a prefeito de São José de Piranhas, e do jornalista Adenilson Maia, o professor União, o historiador Jean Patrício, fez uma breve explanação sobre a trajetória política do senador desde o seu primeiro mandato de deputado estadual em 1954.
 
Além do senador José Maranhão, participaram da homenagem, o deputado estadual licenciado, Trocolli Júnior, o deputado estadual Ranieri Paulino, a deputada estadual Olenka Maranhão, os deputados federais, Manoel Junior e Hugo Motta, a prefeita de Araruna Wilma Maranhão, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Gilvan Freire, o ex-secretário de Administração Penitenciária, Walber Virgolino, o ex-deputado Domiciano Cabral, o presidente do PMDB Jovem da Paraíba, Dihêgo Amaranto, entre outras lideranças do PMDB e de outros partidos de todo estado.
 
O secretário de Articulação Política do Estado, deputado licenciado Trocolli Júnior, foi o primeiro falar e disse que Maranhão tem sido um espelho para ele durante os seis mandatos que está na Assembleia Legislativa.
 
Já o deputado federal Manoel Júnior, destacou a importância do papel desempenhado por Maranhão, principalmente num momento de grave crise moral que atravessa o país.
 
O ex-deputado Gilvan Freire afirmou que o senador José Maranhão sobrevive no mundo político há 60 anos por que tem “bases sólidas, estrutura férrea, dura como uma rocha. É um bom exemplo para os desesperançosos”.
 
Domiciano Cabral, ex-deputado, disse que falar sobre José Maranhão era fácil, por que ele representa parte da história da Paraíba e todos os homens públicos do estado deveriam se espelhar nele.
 
Para o deputado federal Hugo Motta, a história de José Maranhão, se confunde com a história de desenvolvimento do Estado da Paraíba. “Qualquer cidade da Paraíba que se chegue, se encontra uma marca do PMDB através das obras de Maranhão”, definiu Motta.
 
Ranieri Paulino, representou toda família, que não compareceu a homenagem para acompanhar o velório de um professora na cidade de Guarabira. Paulino disse que Maranhão tem uma história que orgulha o PMDB, a Paraíba e o Brasil.
 
A deputada Olenka Maranhão lembrou que o senador sempre toma as decisões pensando no melhor para o partido e que ele sempre foi seu espelho na vida pública.
 
Adriano Martins, falou representando o PMDB Jovem e clamou pela recondução de Maranhão ao comando do partido. “Ao rever a história Maranhão, nós do PMDB Jovem não temos dúvidas. É este homem que queremos presidindo nosso partido. José Maranhão representa a Juventude do PMDB”, destacou.
 
Em sua fala, Maranhão disse que durante a vida teve que aprender a segurar as emoções e que se não fosse isso não teria aguentado presenciar a homenagem se se exceder. Descontraído, brincou que ao ser informado da homenagem tomou um susto e perguntou se ele tinha mesmo 60 anos de vida pública.
 
O ex-governador agradeceu a homenagem e disse que é emblemático aos 60 anos de vida pública receber uma homenagem da Juventude e que isso mostra que ainda há espaço para fazer política com dignidade e respeito à cidadania.
 
Maranhão aproveitou a oportunidade para fazer um comentário sobre a situação atual do país. “O Brasil nunca foi tão convidado a pensar no futuro. O país não merece o que está passando. E a solução não está no Congresso, ou no Executivo, nem no Judiciário. A solução está nas ruas. Com o povo”.
 
Da Assessoria de Imprensa
3
0 Comentários