http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Uma radialista e sua filha foram ameaçadas de morte pelo ex-marido em Guarabira, no Agreste paraibano. De acordo com a jornalista, essa não é a primeira vez que ela é ameaçada.

Através do Facebook, a Associação Guarabirense de Imprensa (AGI) emitiu nota e se solidarizou com Patrícia Souza. Conforme Angelita Lucas, presidente da AGI, a vítima e sócia do órgão a procurou pessoalmente para relatar as ameaças que vem sofrendo do ex-companheiro.

De acordo com a nota, a filha da radialista não está mais frequentando a escola e nem saindo as ruas, temendo as intimidações.

Essa não é a primeira vez que Patrícia é ameaçada. Anos atrás, a radialista precisou se afastar de Guarabira, indo para São Paulo. Ela foi obrigada a deixar os filhos com os avós. No entanto, para não perder a guarda da filha, ela teve que retornar.

Veja a nota:

A Associação Guarabirense de Imprensa-AGI, vem de público se solidarizar com a sócia e amiga Patricia Souza, devido as ameaças de morte junto com sua filha menor que vem sofrendo. Ela já foi ameaçada, mas achou que não passasse de ciumes bobos do ex. marido, agora passou a ser notório as ameças. Sua filha não está indo mais a escola nem sai na rua, Patricia vai ao trabalho acompanhada dos irmãos. Hoje ela desabafou e me pediu ajuda. De imediato lhe encaminhei para falar com o Excelentíssimo Senhor Delegado Walber Virgulino, onde o mesmo está tomando as medidas cabíveis. Segundo a jornalista está amedrontada, pois o ex. marido anda armado, que havia adquirido apenas para matá-las (mãe e filha). A primeira vez das ameças a radialista precisou se afastar da cidade, indo á São Paulo,inclusive deixando seus filhos na companhia dos seus pais. Ameaçada de perder a filha, ela veio embora, deixou tudo para trás que estava construindo em São Paulo, principalmente seu trabalho para ficar mais perto deles. Com a separação oficial do casal a radialista achou que fosse melhorar, mas ao contrário o ex. já em companhia de outra esposa, passou a persegui-la. A atual esposa também está ameaçada e foi depor a favor de Patricia Souza. Peço aos amigos que venhamos pedir a Deus pela vida das ameaçadas. 


A Direção.
3
0 Comentários