http://www.betsporting.com.br/



ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano, inaugurou na noite do último sábado (01) o Memorial do Cordel – José Camelo de Melo Resende, autor da grande obra conhecida mundialmente o “Romance do Pavão Misterioso”.
 
Na abertura do evento foi mostrado o vídeo “Jornada do verso na terra da Luz”, que contou a história de Jose Camelo de Melo Resende, mostrou toda arte do improviso e as tipografias onde eram impressos os cordéis dos poetas populares e logo em seguida as apresentações dos repentistas Daudeth Bandeira e Felipe Pereira, um verdadeiro encontro de poetas repentistas que em seus versos homenageavam Guarabira, empolgaram o grande público que prestigiou a inauguração.
 
O evento realizado pela Prefeitura de Guarabira na noite de sábado, também reverenciou os poetas populares da terra, Chico Pedrosa e Ismael Freire.
 
Ismael Freire que completava 91 anos de idade e Chico Pedrosa que recitaram suas obras e também o lançamento do livro “Raízes do Chão Caboclo -  Retalhos da minha vida”, título do quinto livro do poeta popular e declamador Chico Pedrosa.
 
A noite de inauguração do Memorial do Cordel foi repleta de lançamentos de livros e folhetos. O folheto “Guarabira e a memória do cordel” de autoria do cordelista guarabirense Paulo Gracino.
 
O poeta Haroldo Camelo de Melo, sobrinho de José Camelo de Melo, disse que a iniciativa do prefeito Zenóbio vai ganhar mais espaço e reverberar pelo país afora e que o ambiente do Memorial do Cordel ficou como ele imaginava e digno de muitos aplausos pelo povo.
 
O poeta popular Chico Pedrosa e também homenageado da noite afirmou que é um marco da administração a criação do Memorial do Cordel, um verdadeiro palácio dos grandes cordelistas.
 
O prefeito Zenóbio mostrou todo seu contentamento com a inauguração do Memorial do Cordel e afirmou que o reconhecimento à cultura popular dos poetas guarabirenses foi um sonho realizado e que Guarabira viveu uma noite de inesquecível cantoria.
3
0 Comentários