http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho executado por investigadores da 7ª Delegacia Seccional (DSPC), em Mamanguape, e da Delegacia de Araçagi, realizou na manhã desta sexta-feira (3) a prisão de Erivaldo Carvalho Filho, 19 anos, e Joalisson Idelfonso da Silva, 18 anos. Contra os dois havia mandados de prisão preventiva pelo crime de latrocínio, expedidos pelo Juiz da Comarca de Jacaraú.

O crime aconteceu no dia 27 de março deste ano, em uma estrada que dá acesso ao Sítio Pitombeiras, na Zona Rural do munícipio de Lagoa de Dentro. As investigações mostram que a vítima, Cláudio Pereira do Nascimento Filho, estava passando pelo local quando foi abordada por Erivaldo e Joalisson. Os dois tinham acabado de roubar um motociclista e mandaram Claudio parar, ele tentou fugir e foi atingido por três tiros. 

Os acusados fugiram levando o aparelho celular da vítima.

Depois deste crime os dois roubaram uma moto e três dias depois seguiram para a cidade de Itapororoca, onde assaltaram vários estudantes e o motorista de um ônibus escolar. O depoimento das vítimas levou a polícia até a casa de Erivaldo, no município de Araçagi, onde foram encontrados os telefones das vítimas, a moto e os capacetes usados por eles no dia do assalto. “A ligação de Erivaldo com o latrocínio de Lagoa de Dentro foi confirmada durante a prisão de um assaltante na cidade de Guarabira. O homem, conhecido como Erick, disse durante o depoimento que Erivaldo junto com Joalisson tinha assaltado e matado Claudio”, explicou o delegado responsável pelas investigações, Thiago Cavalcanti.

A partir daí, o Núcleo de Homicídios da 7ª DSPC realizou várias diligências pela região e com o apoio de policiais da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil conseguiu prender Erivaldo e Joalisson na cidade de Guarabira. Os dois confessaram o crime e foram reconhecidos por várias vítimas de assaltos. Eles foram ouvidos pelo delegado e encaminhados para o presídio.

Steferson Gomes Nogueira Vieira, titular da 7ª Delegacia Seccional, salientou que apenas no primeiro semestre deste ano já foram cumpridos 37 mandados de prisão pela Polícia Civil, fruto do trabalho investigativo da equipe de policiais que está empenhada na resolução dos crimes ocorridos na região.
3
0 Comentários