http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A filha que confessou ter arquitetado e participado da morte do pai foi presa pela polícia na manhã desta quinta-feira (16) em Arara, no Curimataú paraibano. Num vídeo, gravado pela polícia, ela confessa que atirou e matou o pai e bebeu sangue e que a intenção era degolá-lo para expor sua cabeça numa estaca.

Rosangela Santos de Aguiar, 22 anos, disse ter matado o pai, o agricultor Geraldo Rivaldo de Aguiar, 45 anos, por ter sido estuprada por ele na infância e disse não estar arrependida do crime. “Beberia o sangue dele de novo, beberia não eu bebo só basta ter [sic.]”, disse.

Ela foi presa junto Caleu Bruno Benedito Rozendo, 23 anos e Carlos Henrique Cavalcanti Filho de Almeida, 26 anos, que devem ser encaminhados para presídios da Capital e uma adolescente de 15 anos, que deverá cumprir medida sócio-educativa no Centro Educacional do Adolescente (CEA).

O crime aconteceu nesta quarta-feira (15) em na Zona Rural de Casserengue, mas só nesta quinta a polícia conseguiu prender os autores do crime com dois revólveres, duas facas, 112 pedras de crack e maconha.




Por Nordeste 1
3
0 Comentários