http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A presidente Dilma Rousseff deverá se reunir na próxima semana em Brasília com governadores para discutir um “pacto pela governabilidade”. A informação foi publicada neste sábado (25) pelo site G1. Segundo a reportagem, ao menos sete governadores já confirmaram presença na reunião: Luiz Fernando Pezão (PMDB), do Rio de Janeiro; Camilo Santana (PT), do Ceará; Wellington Dias (PT), do Piauí; Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais; José Ivo Sartori (PMDB), do Rio Grande do Sul; Marconi Perillo (PSDB), de Goiás; e Rodrigo Rollemberg (PSB), do Distrito Federal.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho(PSB), que se aproximou muito da presidente nesta segunda gestão, ainda não confirmou presença.

Embora ainda não haja confirmação oficial do encontro com os governadores, a informação é que o Planalto trabalha para que o encontro ocorra na próxima quinta (30).

A reunião ocorrerá em meio a um ambiente político e econômico de turbulência. O governo enfrenta dificuldades para aprovar matérias no Congresso e ainda tem sofrido derrotas com a aprovação de projetos que contrariam seus interesses. Na área econômica, o anúncio da redução da meta de superávit provocou reações entre os agentes econômicos, com alta do dólar e risco de rebaixamento da nota do Brasil entre agências internacionais de avaliação de risco.

Na noite desta sexta, o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, confirmou que haverá a reunião na próxima semana. Segundo ele, a pauta será decidida na próxima segunda (27), durante a reunião da coordenação política – grupo formado por Dilma, o vice-presidente Michel Temer e os ministros mais próximos dela, como o próprio Edinho, Aloizio Mercadante (Casa Civil), Miguel Rossetto (Secretaria-Geral) e Jaques Wagner (Defesa).

“Não estou sabendo [todos os itens da pauta do encontro com os governadores]. Até onde eu sei, ela [Dilma] vai definir a pauta na reunião de coordenação na segunda-feira. Tem uma série de temas a ser tratado pelos governadores, inclusive a questão do ICMS, a repatriação, agora não tem uma pauta definida. Ela vai discutir na reunião de coordenação na segunda-feira.”, afirmou.

Reuniões

Desde o início do ano, a presidente manteve uma série de reuniões com governadores no Palácio do Planalto. Na semana passada, por exemplo, ela recebeu na capital os governadores do Sudeste, que manifestaram a ela apoio à reforma do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Em março deste ano, ela se reuniu com os governadores do Nordeste. Na ocasião, eles manifestaram apoio ao governo e se comprometeram a articular com as bancadas dos estados no Congresso Nacional apoio ao ajuste fiscal.

MaisPB com G1
3
0 Comentários