http://www.betsporting.com.br/

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

A Polícia Militar prendeu um homem, hoje à tarde (29), conhecido por “Anjinho” acusado de ameaçar os posseiros que ocupam as terras da fazenda Reunidas (fazendinha), em Mogeiro. “O capanga preso e outros oito comparsas chegaram a trocar tiros com a polícia. O Anjinho acabou sendo preso e os outros fugiram”, disse o deputado estadual Frei Anastácio que se encontra na área.

Segundo o deputado, cerca de 60 famílias de posseiros estão ocupando as terras reivindicando um direito delas. “São pessoas que nasceram e se criaram na fazenda e agora estão reivindicando seus direitos. Mas, os donos das terras colocaram os capangas para ameaçar as famílias. Eles são tão perigosos que atiraram até na polícia que foi recebida a bala. O pior é que os policiais estão deixando o local e eles podem voltar”, disse Frei Anastácio.

Frei Anastácio relata que as famílias estão muito apreensivas com a situação, temendo que os capangas retornem e ajam com violência.  “É preciso que os policiais permaneçam na área para garantir a segurança das famílias”, disse o deputado que está acompanhado por representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

O deputado disse ainda que as famílias também estão em clima de tensão, em consequência da possibilidade de serem despejadas a qualquer momento. “Apesar de serem posseiras e terem direito à terra, a justiça paraibana concedeu ordem de despejo.Se o despejo for cumprido muitas lavouras, a exemplo de  feijão,macaxeira maxixe, entre outras, serão destruídas. Uma pena, isso acontecer num estado onde existe tanta gente precisando de alimento”, lamentou.

Portal do Litoral
3
0 Comentários